Os Melhores Brinquedos Para Manter Seu Cão Ocupado Quando Você Estiver Ausente

Por mais que amemos nossos amigos peludos, há momentos em que temos que deixá-los sozinhos em casa. E enquanto estamos fora, nossos cães podem ficar entediados, ansiosos e até destrutivos. Entre os principais sinais comuns de tédio em cães está o latido excessivo. Mas não tema, existem maneiras de manter seu cão ocupado e entretido enquanto você estiver fora. Na verdade, existem brinquedos que podem ajudar a aliviar o tédio e evitar que ladrem sem parar. Portanto, se você está procurando os melhores brinquedos para manter seu cachorro ocupado, continue lendo.

Principais conclusões

  • Os cães podem latir excessivamente devido à ansiedade de separação, mas distrações, lidar com a ansiedade ou procurar ajuda profissional podem ajudar a reduzir o latido.
  • O latido excessivo pode causar problemas físicos e comportamentais para cães e consequências negativas para proprietários e vizinhos.
  • Brinquedos que fornecem estimulação mental e exigem que os cães trabalhem para obter guloseimas podem reduzir o tédio dos latidos.
  • Brinquedos de quebra-cabeça, brinquedos para mastigar, brinquedos interativos e brinquedos de conforto são ótimos para cães que latem quando deixados sozinhos.
  • Gire os brinquedos do seu cão semanalmente para mantê-los interessados ​​e engajados.
  • Brinquedos interativos para cães podem reduzir o comportamento de latir em cães.
  • Brinquedos calmantes podem ajudar a controlar a ansiedade, mas podem não resolver totalmente o problema.
  • Treinar seu cão para usar brinquedos é possível introduzindo o jogo solo, oferecendo uma variedade de brinquedos, ensinando-os a usar seus brinquedos, brincando ao lado deles, girando brinquedos, considerando brinquedos de quebra-cabeça e brinquedos cognitivos DIY.
  • Exercite seu cão antes de sair para reduzir o latido.
  • Considere o tamanho, a raça, o estilo de jogo, a idade e o nível de atividade do seu cão ao escolher brinquedos seguros e duráveis ​​que correspondam às suas preferências e interesses e alterne-os regularmente para evitar riscos de asfixia.

O restante deste artigo explicará tópicos específicos. Você pode lê-los em qualquer ordem, pois eles devem ser completos, mas concisos.

1. Entendendo por que os cães latem quando deixados sozinhos

Razões pelas quais os cães latem quando deixados sozinhos

Os cães são animais sociais e prosperam na interação e atenção humana. Quando são deixados sozinhos, podem sentir ansiedade de separação, o que pode levar a latidos excessivos. Além disso, os cães podem latir quando deixados sozinhos pelos seguintes motivos:

  • Comunicando suas necessidades: os cães podem latir para que seus donos saibam que precisam de algo, como comida, água ou para sair.
  • Expressando seus sentimentos: os cães podem latir para expressar suas emoções, como excitação, medo ou frustração.
  • Comportamento territorial: os cães podem latir para proteger seu território ou para alertar intrusos.
  • Buscando atenção: os cães podem latir para chamar a atenção de seus donos, especialmente se estiverem se sentindo sozinhos ou entediados.

Lidando com latidos excessivos

Se o seu cachorro está latindo excessivamente quando deixado sozinho, há várias coisas que você pode fazer para resolver o problema. Aqui estão algumas dicas:

  • Forneça distrações: se o seu cachorro está latindo porque está entediado, fornecer uma distração para mantê-lo ocupado pode resolver o problema. Você pode dar a ele um Kong cheio de guloseimas ou um "quebra-cabeça cerebral" para mantê-lo entretido.
  • Aborde a ansiedade de separação: se o seu cão está latindo devido à ansiedade de separação, você pode tentar um treinamento de dessensibilização para ajudá-lo a se sentir mais confortável quando você não estiver por perto. Isso envolve aumentar gradualmente a quantidade de tempo que seu cão passa sozinho, enquanto o recompensa por um comportamento calmo.
  • Procure ajuda profissional: se o latido do seu cão estiver causando problemas significativos, talvez seja hora de procurar ajuda profissional. Um veterinário ou treinador de cães pode ajudá-lo a identificar a causa subjacente do latido de seu cão e desenvolver um plano para resolvê-lo.

É importante lembrar que latir é uma forma de comunicação e é um comportamento completamente normal do cachorro. No entanto, latidos excessivos podem ser um sinal de um problema subjacente que precisa ser resolvido.

Ao entender por que os cães latem quando deixados sozinhos e tomar medidas para resolver o problema, você pode ajudar seu amigo peludo a se sentir mais confortável e reduzir o latido.

2. Os efeitos negativos do latido excessivo em cães e seus donos

1. Dor de garganta e danos nas cordas vocais do cão

O latido excessivo pode causar dor de garganta e danos às cordas vocais do cão. Cães que latem excessivamente correm o risco de desenvolver laringite, que pode causar danos permanentes às cordas vocais. Isso pode dificultar a comunicação e pode levar a outros problemas de saúde no futuro.

2. Estresse e ansiedade, que podem levar a uma variedade de problemas comportamentais

Cães que latem excessivamente costumam estar estressados ​​e ansiosos. Isso pode levar a uma variedade de problemas comportamentais, incluindo agressão, destrutividade e medo. Esses problemas podem ser difíceis de resolver e podem levar a uma ruptura no relacionamento entre o cão e seu dono.

3. Desconforto ou dor, especialmente em cães idosos que apresentam desconforto ósseo e articular devido à artrite

Latidos excessivos também podem causar desconforto ou dor, especialmente em cães idosos que apresentam desconforto ósseo e articular devido à artrite. Cães que latem excessivamente podem ter maior probabilidade de desenvolver dores nas articulações e artrite, o que pode dificultar a movimentação e o aproveitamento de suas vidas.

4. Frustração para o dono do cachorro e às vezes para os vizinhos

O latido excessivo pode ser frustrante para o dono do cachorro e, às vezes, para os vizinhos. Isso pode levar a tensão e conflito entre vizinhos e pode até resultar em ação legal se o latido for forte o suficiente.

5. Privação do sono, deficiência auditiva, problemas psicológicos e de desempenho do proprietário

O latido excessivo também pode causar privação de sono, deficiência auditiva e problemas psicológicos e de desempenho para o proprietário. Isso pode levar à diminuição da produtividade no trabalho, bem como uma diminuição na qualidade de vida geral.

Como parar o latido excessivo

Descubra por que seu cão está latindo excessivamente e trate a causa subjacente, em vez de punir o cão por latir. Possíveis razões para latidos excessivos incluem tédio, ansiedade, frustração ou sentimento de defesa de suas casas ou famílias.

Depois de identificar a causa, você pode treinar seu cão para ficar quieto ou remover o gatilho. Por exemplo, se o seu cachorro está latindo porque está entediado, você pode fornecer a ele mais brinquedos e atividades para mantê-lo ocupado.

Se o seu cão está latindo porque está ansioso, você pode trabalhar para reduzir a ansiedade por meio de treinamento e medicação.

Se um problema médico está fazendo seu cão latir excessivamente, ele deve ser tratado por um veterinário. Isso pode incluir medicação ou cirurgia para resolver o problema subjacente.

3. Usando brinquedos para manter os cães ocupados e reduzir os latidos

Brinquedos de distração são uma ótima maneira de distrair seu cão dos gatilhos de latidos. Esses brinquedos fornecem estimulação mental e ajudam a vencer o tédio. Procure variedades de brinquedos para cães que eliminam o tédio e que você pode rechear com ração ou outros alimentos que exijam que seu cão trabalhe para pegar as guloseimas dentro.

Isso manterá seu cão ocupado e menos propenso a latir de tédio.

Quebra-cabeças de guloseimas, mastigações fáceis de digerir e objetos de conforto

Trate quebra-cabeças, mastigações fáceis de digerir e objetos de conforto, como brinquedos de pelúcia barulhentos, podem dar aos cães algo para se autoestimular quando começarem a se sentir entediados. Deixar esses objetos para o seu cachorro quando você estiver fora de casa pode mantê-lo ocupado e menos propenso a se preocupar com sua ausência ou latir pela janela para os transeuntes.

Certifique-se de escolher brinquedos adequados ao tamanho e aos hábitos de mastigação do seu cão para evitar possíveis riscos de asfixia.

Brinquedos para mastigar

Brinquedos para mastigar são outra ótima maneira de manter seu cão ocupado e reduzir o tédio latindo. Mastigar é um comportamento natural dos cães e pode ajudar a aliviar o estresse e a ansiedade. Certifique-se de escolher brinquedos para mastigar de alta qualidade, duráveis ​​e seguros para o seu cão mastigar.

Você também pode girar os brinquedos de roer do seu cão para mantê-los interessados ​​e engajados.

No geral, fornecer atividades de enriquecimento como brinquedos pode ajudar a estimular o cérebro de um cão, mantê-los entretidos e reduzir a quantidade de latidos incômodos que eles fazem. No entanto, lembre-se de que os brinquedos não substituem exercícios, treinamento e socialização.

Certifique-se de fornecer ao seu cão muitas oportunidades de atividade física e estimulação mental e consulte um veterinário se estiver preocupado com o comportamento do seu cão.

4. Melhores tipos de brinquedos para cães que latem quando deixados sozinhos

Como dono de um cachorro, pode ser frustrante chegar em casa com um cachorro latindo toda vez que você sai de casa. Não só pode incomodar seus vizinhos, mas também pode causar estresse para seu amigo peludo. Felizmente, existem vários tipos de brinquedos que podem ajudar a manter seu cão ocupado e calmo enquanto você estiver fora.

Exercício e estimulação mental

Antes de deixar seu cão sozinho, faça bastante exercício e estimulação mental. Isso pode ajudar a cansá-los e torná-los menos propensos a latir de tédio ou ansiedade. Leve seu cachorro para passear ou correr, brincar de buscar ou se envolver em outras atividades que o façam se mexer e pensar.

Treinamento de Reforço Positivo

O treinamento de reforço positivo é outra maneira eficaz de ajudar seu cão a associar estar sozinho com experiências positivas. Isso envolve recompensar seu cão com guloseimas, brinquedos ou elogios por bom comportamento, como ficar quieto enquanto você estiver fora.

Com o tempo, seu cão aprenderá que ficar sozinho é uma coisa boa e pode ter menos probabilidade de latir.

Espaço seguro e confortável

Também é importante fornecer um espaço seguro e confortável para o seu cão ficar enquanto você estiver fora. Pode ser uma caixa ou uma área designada da casa, livre de perigos e com camas confortáveis.

Certifique-se de que seu cão tenha acesso a água e brinquedos para mantê-lo ocupado.

calmantes

Além de exercícios, estimulação mental e treinamento de reforço positivo, você também pode considerar o uso de ajudas calmantes, como sprays de feromônio ou música calmante. Isso pode ajudar a acalmar seu cão e deixá-lo menos ansioso enquanto você estiver fora.

Consulte o seu veterinário ou um treinador profissional de cães para obter recomendações sobre quais calmantes podem ser os melhores para o seu cão.

Melhores tipos de brinquedos

Quando se trata de brinquedos, existem vários tipos que podem ajudar a manter seu cão ocupado e calmo enquanto você estiver fora. Aqui estão alguns dos melhores tipos de brinquedos para cães que latem quando deixados sozinhos:

  • Brinquedos de quebra-cabeça: os brinquedos de quebra-cabeça são uma ótima maneira de manter seu cão mentalmente estimulado enquanto você estiver fora. Eles exigem que seu cão pense e resolva problemas para pegar as guloseimas dentro. Exemplos de brinquedos de quebra-cabeça incluem o Kong Classic e o Nina Ottosson Dog Tornado.
  • Brinquedos para mastigar: Os brinquedos para mastigar podem ajudar a satisfazer o desejo natural de mastigar do seu cão e também podem ajudar a aliviar o estresse. Exemplos de brinquedos para mastigar incluem o Nylabone Dura Chew e o Benebone Wishbone.
  • Brinquedos interativos: os brinquedos interativos são projetados para manter seu cão envolvido e ativo. Eles podem incluir recursos como squeakers, cordas ou bolas. Exemplos de brinquedos interativos incluem o Chuckit! Ultra Ball e o KONG Flyer.
  • Brinquedos de conforto: Os brinquedos de conforto são brinquedos macios e fofinhos que podem ajudar a acalmar seu cão e proporcionar uma sensação de segurança. Exemplos de brinquedos de conforto incluem o Petstages Cozy Cuddle Pal e o KONG Comfort Kiddos Bear.

Ao fornecer bastante exercício, estimulação mental, treinamento de reforço positivo, um espaço seguro e confortável e os tipos certos de brinquedos, você pode ajudar a evitar que seu cão latir quando deixado sozinho.

Lembre-se de consultar o seu veterinário ou um treinador profissional de cães para aconselhamento e apoio adicionais.

5. Girando os brinquedos do seu cachorro: com que frequência é muito frequente?

Como dono de um cachorro, você quer que seu amigo peludo seja feliz e entretido. Uma maneira de fazer isso é fornecendo-lhes brinquedos. No entanto, comprar vários brinquedos de uma só vez pode ser caro e seu cão pode perder rapidamente o interesse por eles.

É aí que entra o rodízio de brinquedos.

Por que girar os brinquedos do seu cachorro?

Girar os brinquedos do seu cão pode mantê-los interessados ​​e engajados. Os cães são criaturas inteligentes e precisam de estímulo para evitar o tédio e o comportamento destrutivo. Ao trocar os brinquedos, você pode proporcionar ao seu cão experiências novas e emocionantes.

Com que frequência você deve girar os brinquedos do seu cachorro?

Recomenda-se trocar os brinquedos do seu cão cerca de uma vez por semana. Esse período permite que seu cão se familiarize com seus brinquedos, ao mesmo tempo em que oferece variedade suficiente para mantê-los interessados.

Dicas sobre como girar os brinquedos do seu cachorro

Aqui estão algumas dicas sobre como girar os brinquedos do seu cão de forma eficaz:

  • Escolha de três a cinco brinquedos para manter fora de cada vez e guarde o resto em uma lixeira ou armário fechado. Dessa forma, seu cão não ficará sobrecarregado com muitos brinquedos de uma só vez.
  • Se o seu cão tem um brinquedo favorito, deixe-o fora da rotação. Isso dará ao seu cão uma sensação de familiaridade e conforto.
  • Livre-se de quaisquer brinquedos que comecem a quebrar ou desfiar por razões de segurança e higiene. Brinquedos quebrados podem representar um risco de asfixia e brinquedos sujos podem abrigar bactérias.
  • Para evitar o tédio dos brinquedos, pare de deixar todos os brinquedos do seu cão espalhados pelo chão – à vista e ao alcance. Isso pode fazer com que seu cão fique insensível aos brinquedos e perca o interesse rapidamente.
  • Você pode esconder a maior parte de seu estoque de brinquedos, exceto alguns, e depois de uma semana, guarde-os e retire alguns outros - seu cachorro vai brincar como se fossem novos!

6. Brinquedos interativos como ferramenta para reduzir o latido

Os cães são animais sociais que requerem estimulação mental e física para se manterem saudáveis ​​e felizes. Quando os cães não são estimulados o suficiente, eles podem ficar entediados, ansiosos e até mesmo desenvolver um comportamento de latidos incômodos.

No entanto, fornecer enriquecimento a um cão pode ajudar a estimular seu cérebro, mantê-lo entretido e reduzir a quantidade de latidos incômodos que ele faz.

Os brinquedos interativos para cães podem ser uma ótima maneira de enriquecer os cães e reduzir os latidos.

Tipos de brinquedos interativos para cães

Existem muitos tipos de brinquedos interativos para cães que podem ajudar a reduzir o comportamento de latir em cães. Aqui estão alguns exemplos:

  • Cachorros de brinquedo que andam, latem e viram: esses brinquedos podem ser uma ótima maneira de manter seu cão entretido e fornecer estimulação mental. Eles também podem ajudar a reduzir o comportamento de latir, distraindo seu cão de latir para ruídos externos.
  • Quebra-cabeças de guloseimas: esses brinquedos são projetados para segurar guloseimas e desafiar seu cão a descobrir como pegar as guloseimas. Eles podem ser uma ótima maneira de manter seu cão entretido e mentalmente estimulado. Os quebra-cabeças de guloseimas também podem ajudar a reduzir o comportamento de latir, distraindo seu cão de latir para ruídos externos.
  • Brinquedos com textura e camadas: Brinquedos com diferentes texturas e camadas podem proporcionar estimulação sensorial para o seu cão. Eles também podem ajudar a reduzir o comportamento de latir, distraindo seu cão de latir para ruídos externos.
  • Brinquedos de quebra-cabeça para cães: Esses brinquedos são projetados para desafiar as habilidades de resolução de problemas do seu cão. Eles podem ser uma ótima maneira de manter seu cão entretido e mentalmente estimulado. Os brinquedos de quebra-cabeça para cães também podem ajudar a reduzir o comportamento de latir, distraindo seu cão de latir para ruídos externos.
  • Kong Wobbler Entertainment Toy: Este brinquedo foi projetado para segurar guloseimas e desafiar seu cão a descobrir como distribuir as guloseimas. Pode ser uma ótima maneira de manter seu cão entretido e mentalmente estimulado. O Kong Wobbler Entertainment Toy também pode ajudar a reduzir o comportamento de latir, distraindo seu cão de latir para ruídos externos.
  • Teaser de cauda de cão externo com brinquedo de provocação de cão e gato de recarga: este brinquedo foi projetado para simular o movimento de presas e pode ser uma ótima maneira de fornecer ao seu cão estimulação mental e física. O Outward Hound Tail Teaser com Refil Dog & Cat Teaser Toy também pode ajudar a reduzir o comportamento de latir, distraindo seu cão de latir para ruídos externos.

Limitações dos Brinquedos Interativos

Embora os brinquedos interativos possam ser úteis para reduzir o latido, eles podem não ser uma solução completa. Também é importante abordar a causa raiz do comportamento de latir e fornecer treinamento e exercícios adequados para o cão.

7. Brinquedos calmantes para cães ansiosos: eles realmente funcionam?

Se você é dono de um cachorro, sabe que os cães podem sofrer de ansiedade assim como os humanos. A ansiedade em cães pode se manifestar de várias maneiras, incluindo latidos, comportamento destrutivo e até agressão. Felizmente, existem brinquedos que podem ajudar a acalmar cães ansiosos.

Aqui estão alguns exemplos de brinquedos calmantes para cães com ansiedade:

  • Tapetes de rapé: Os tapetes de rapé mantêm os cães ocupados combinando a resolução de problemas e a exploração do cheiro. Os cães precisam usar o nariz para encontrar guloseimas escondidas no tapete, o que pode ajudar a distraí-los de sua ansiedade.
  • Brinquedos calmantes para cães: Os brinquedos calmantes para cães oferecem poder máximo de distração que incentiva um comportamento calmante, como forragear ou lamber. Esses brinquedos são projetados para serem mastigados, lambidos ou aconchegados, o que pode ajudar a acalmar cães ansiosos.
  • Coleiras calmantes: coleiras calmantes para cães podem ajudar a aliviar a ansiedade e promover o relaxamento. Essas coleiras liberam feromônios que imitam os aromas calmantes naturais que os cães produzem, o que pode ajudar a acalmar cães ansiosos.
  • KONG Clássico: Ótimo para mastigar, buscar ou rechear com guloseimas saborosas, este brinquedo oferece várias maneiras de controlar a ansiedade do seu cão. O KONG pode ser recheado com manteiga de amendoim, queijo ou outras guloseimas saborosas, que podem manter seu cão ocupado e distraído de sua ansiedade.
  • Snuggle Puppy: Este brinquedo foi projetado para imitar o calor e o conforto de uma mãe cadela, o que pode ajudar a acalmar os filhotes ansiosos. O Snuggle Puppy vem com um pacote de calor e um batimento cardíaco simulado, que pode ajudar a acalmar cães ansiosos.
  • Brinquedo interativo Nina Ottosson: Este brinquedo interativo pode ajudar a manter a mente do seu cão ocupada e distraída de sua ansiedade. O brinquedo exige que os cães usem suas habilidades de resolução de problemas para encontrar guloseimas escondidas dentro dele, o que pode ajudar a distraí-los de sua ansiedade.
  • Brinquedos dispensadores de guloseimas: os brinquedos dispensadores de guloseimas podem manter seu cão ocupado e distraído enquanto você estiver fora. Esses brinquedos liberam guloseimas enquanto seu cão brinca com eles, o que pode ajudar a mantê-los ocupados e calmos.
  • Jolly Pets Teaser Ball: Esta bola é projetada para saltar de forma irregular, o que pode ajudar a manter seu cão entretido e distraído de sua ansiedade. Os movimentos imprevisíveis da bola podem ajudar a manter os cães engajados e focados, o que pode ajudar a distraí-los de sua ansiedade.
  • Ruff Dawg Om: Este brinquedo para mastigar é feito de borracha durável e tem uma forma única que pode ajudar a manter a mente do seu cão ocupada e distraída de sua ansiedade. O brinquedo pode ser recheado com guloseimas, o que pode ajudar a manter os cães ocupados e calmos.
  • Smart Pet Love Snuggle Puppy: Este brinquedo foi projetado para imitar o calor e o conforto de uma mãe cadela, o que pode ajudar a acalmar os filhotes ansiosos. O Snuggle Puppy vem com um pacote de calor e um batimento cardíaco simulado, que pode ajudar a acalmar cães ansiosos.
  • Pet Qwerks Babble Ball: Esta bola interativa faz mais de 20 sons diferentes, o que pode ajudar a manter seu cão entretido e distraído de sua ansiedade. Os sons imprevisíveis da bola podem ajudar a manter os cães envolvidos e focados, o que pode ajudar a distraí-los de sua ansiedade.
  • Brinquedo de pelúcia interativo Hyper Pet Cachorrinho: Este brinquedo de pelúcia abana o rabo quando tocado, o que pode ajudar a manter seu cão entretido e distraído de sua ansiedade. O rabo abanando pode ajudar a estimular o impulso natural de presa do seu cão, o que pode ajudar a mantê-lo concentrado e calmo.

É fundamental observar que cada cão é diferente, por isso pode levar algumas tentativas e erros para encontrar o brinquedo calmante certo para as necessidades específicas do seu cão. Além disso, embora os brinquedos calmantes possam ser úteis no controle da ansiedade, é improvável que resolvam completamente o problema sozinhos.

Outras estratégias, como treinamento, exercícios e medicamentos, também podem ser necessárias para lidar com a ansiedade do seu cão.

8. Treinando seu cão para usar brinquedos para se ocupar

Os cães são conhecidos por serem animais brincalhões e enérgicos que adoram se envolver em diferentes atividades. No entanto, às vezes, eles podem ficar entediados ou ansiosos quando deixados sozinhos, levando a latidos excessivos e comportamento destrutivo.

Uma maneira de manter seu cão ocupado e evitar esse comportamento é treiná-lo para usar brinquedos para se ocupar.

Aqui estão algumas dicas sobre como fazer isso:

1. Apresente seu cão ao jogo solo

O primeiro passo para treinar seu cão a usar brinquedos para se ocupar é apresentá-lo ao jogo solo. Você pode fazer isso fornecendo-lhes brinquedos com os quais eles possam brincar sozinhos. Exemplos de tais brinquedos incluem bolas de quebra-cabeça, brinquedos para mastigar e bichos de pelúcia.

Mostre ao seu cão como usar os brinquedos brincando com eles e demonstrando como funcionam.

2. Ofereça uma variedade de opções de brinquedos

Os cães são como os humanos, pois têm preferências diferentes. Alguns cães podem preferir brinquedos para mastigar, enquanto outros podem preferir brinquedos de quebra-cabeça. Para garantir que seu cão tenha um brinquedo com o qual ele goste de brincar, forneça a ele uma abundância de opções de brinquedos.

Isso irá mantê-los entretidos e evitar que fiquem entediados.

3. Ensine seu cachorro a usar os brinquedos

Depois de apresentar seu cão aos brinquedos, é hora de ensiná-lo a usá-los. Você pode fazer isso substituindo o que eles costumam mastigar por um novo brinquedo e orientando-os para isso quando começarem a mastigar outra coisa.

Isso os ajudará a entender que o novo brinquedo é uma alternativa aceitável.

4. Brinque ao lado do seu cachorro

Brincar com seu cão é uma excelente forma de incentivá-lo a aprender, crescer e explorar seus brinquedos. Também ajuda a fortalecer o vínculo entre você e seu cão. Deite-se no chão com seu cachorro e brinque com seus brinquedos juntos.

Isso mostrará ao seu cão que seus brinquedos são divertidos e divertidos.

5. Gire os brinquedos do seu cachorro

Os cães podem ficar entediados rapidamente com seus brinquedos se brincarem com os mesmos por um longo período. Para manter sua curiosidade despertada, gire seus brinquedos todas as noites. Isso irá mantê-los interessados ​​em seus brinquedos e evitar que fiquem entediados.

6. Considere brinquedos de quebra-cabeça interativos

Brinquedos de quebra-cabeça interativos são uma excelente maneira de fornecer estimulação mental ao seu cão, mantendo-o ocupado. Esses brinquedos requerem algum treinamento, mas valem o esforço. Exemplos de brinquedos de quebra-cabeça interativos incluem bolas dispensadoras de guloseimas, alimentadores de quebra-cabeça e brinquedos de esconde-esconde.

7. Brinquedos cognitivos DIY para cães

Os brinquedos cognitivos DIY para cães podem ser uma maneira divertida e barata de desafiar o cérebro do seu cão. Você pode fazer esses brinquedos com materiais que tiver em casa, como caixas de papelão, canos de PVC e bolas de tênis.

Os brinquedos cognitivos DIY para cães são uma excelente maneira de manter seu cão entretido e mentalmente estimulado.

9. Outras estratégias para reduzir os latidos quando você estiver ausente

Os cães são animais sociais que costumam latir para se comunicar com seus donos. No entanto, latidos excessivos podem ser um incômodo para você e seus vizinhos, especialmente quando você está fora de casa. Em nosso artigo anterior, discutimos algumas das estratégias mais eficazes para reduzir os latidos quando você está fora, como fornecer ao seu cão algo para fazer, treinamento em caixa, coleiras para latir, método de distração e treinamento gradual.

Aqui estão algumas estratégias adicionais que você pode tentar:

  • Exercício: Cães que estão cansados ​​de atividades físicas são menos propensos a latir quando deixados sozinhos. Certifique-se de que seu cão faça exercícios suficientes antes de sair, como uma longa caminhada ou brincadeiras no quintal. Um cão cansado é um cão feliz.
  • Música ou TV: deixar o rádio ou a TV ligados pode gerar ruídos de fundo que podem acalmar seu cão e fazê-lo se sentir menos sozinho. Escolha um canal com música suave ou programas de entrevistas e evite canais com ruídos altos ou comerciais que possam desencadear o latido do seu cachorro.
  • Sprays de feromônio: Os sprays de feromônio são projetados para imitar os aromas calmantes naturais que os cães produzem. Esses sprays podem ser borrifados na cama, caixa ou local favorito do seu cão para ajudá-lo a relaxar e reduzir o latido.
  • Dessensibilização: A dessensibilização envolve a exposição gradual do seu cão aos gatilhos que os levam a latir, como o som da campainha ou a visão de pessoas passando. Comece expondo seu cão a esses gatilhos em um nível baixo e aumente gradualmente a intensidade ao longo do tempo. Recompense seu cão por permanecer calmo e quieto durante o processo.
  • Contrate uma babá ou passeador de cães: se você estiver longe de casa por longos períodos de tempo, considere contratar uma babá ou passeador de cães para fazer o check-in de seu cão e fazer companhia. Isso pode ajudar a reduzir a ansiedade do seu cão e evitar latidos excessivos.
  • Aborde os problemas subjacentes: às vezes, latidos excessivos podem ser um sintoma de um problema subjacente, como ansiedade de separação, medo ou tédio. Se você suspeitar que o latido do seu cão é causado por um problema subjacente, consulte um veterinário ou um treinador de cães profissional para resolver o problema.

10. Escolhendo os melhores brinquedos para as necessidades e preferências do seu cão

Os cães são conhecidos por serem criaturas brincalhonas e adoram brinquedos tanto quanto as crianças. Os brinquedos fornecem estimulação mental e física para o seu amigo peludo e podem ajudar a prevenir comportamentos destrutivos e até mesmo parar o latido do cachorro.

No entanto, com tantos tipos diferentes de brinquedos disponíveis, escolher o certo para o seu cão pode ser complicado.

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a escolher os melhores brinquedos para as necessidades e preferências do seu cão.

Considere o tamanho e a raça do seu cão

Ao selecionar brinquedos para o seu cão, considere o tamanho e a raça. Cães maiores precisam de brinquedos que sejam duráveis ​​e possam suportar suas mandíbulas fortes, enquanto cães menores podem preferir brinquedos mais fáceis de carregar e brincar.

Além disso, certas raças podem ter preferências específicas de brinquedos.

Por exemplo, retrievers podem gostar de brinquedos que podem pegar, enquanto terriers podem preferir brinquedos que possam mastigar.

Escolha brinquedos duráveis ​​e seguros

É fundamental escolher brinquedos duráveis ​​e seguros para o seu cão brincar. Brinquedos mal feitos ou feitos de materiais baratos podem quebrar facilmente e se tornar um risco de asfixia. Procure brinquedos feitos de materiais de alta qualidade, como borracha, náilon ou Kevlar.

Além disso, evite brinquedos que tenham peças pequenas que possam ser facilmente engolidas.

Pense no estilo de brincadeira do seu cachorro

Cada cão tem seu próprio estilo de jogo e, por favor, escolha brinquedos que correspondam às suas preferências. Alguns cães adoram mastigar brinquedos, enquanto outros gostam de brincar de buscar ou cabo de guerra. Observe os hábitos de brincadeira do seu cão e escolha brinquedos com os quais ele goste de brincar.

Considere a idade e o nível de atividade do seu cão

Ao selecionar brinquedos para o seu cão, considere sua idade e nível de atividade. Filhotes podem preferir brinquedos mais macios e fáceis de mastigar, enquanto cães mais velhos podem precisar de brinquedos mais suaves para os dentes.

Além disso, cães altamente ativos podem precisar de brinquedos que proporcionem mais estimulação mental e física.

Observe as preferências e interesses do seu cão

A melhor maneira de determinar com quais tipos de brinquedos seu cão gosta de brincar é observar suas preferências e interesses. Alguns cães podem preferir brinquedos que façam barulho, enquanto outros podem gostar de brinquedos com cheiro.

Preste atenção em quais tipos de brinquedos seu cão gosta e escolha brinquedos que correspondam aos seus interesses.

Considerações finais e considerações

Por mais que amemos nossos amigos peludos, às vezes eles podem ser um pouco vocais demais. Seja latindo para o carteiro ou reclamando por atenção, o ruído excessivo pode ser um incômodo para você e seus vizinhos.

Então, qual é a solução? Embora os brinquedos possam certamente ajudar a manter seu cão ocupado e distraído, eles podem não necessariamente parar o latido completamente.

Uma coisa a considerar é a causa raiz do latido do seu cão.

Eles estão entediados? Ansioso? Precisa de exercício? Resolver esses problemas subjacentes pode ajudar muito a reduzir o ruído excessivo.

Além disso, o treinamento e o reforço positivo podem ajudar a ensinar o comportamento e a comunicação adequados ao seu cão.

Dito isto, existem alguns brinquedos que podem ajudar a reduzir o latido.

Brinquedos de quebra-cabeça, por exemplo, podem fornecer estimulação mental e manter seu cão focado em uma tarefa em vez de latir.

Os brinquedos que dispensam guloseimas também podem ser úteis, pois fornecem uma distração saborosa e recompensam o comportamento silencioso.

Por fim, lembre-se de que cada cão é único e pode exigir abordagens diferentes para lidar com os latidos.

Portanto, embora os brinquedos certamente possam ser uma ferramenta útil, considere também outros fatores e procure orientação profissional, se necessário.

No final, nossos amigos peludos trazem muita alegria e amor para nossas vidas, mas também fique atento ao comportamento deles e como isso pode afetar as pessoas ao nosso redor.

Portanto, vamos continuar a explorar novas maneiras de manter nossos cães felizes e ocupados, ao mesmo tempo em que respeitamos nossos vizinhos e a comunidade.

Meu cachorro late quando eu o deixo sozinho! Observe-me treiná-la para parar!

Dica: Ative o botão de legenda se precisar. Escolha 'tradução automática' no botão de configurações se você não estiver familiarizado com o idioma inglês. Pode ser necessário clicar primeiro no idioma do vídeo antes que seu idioma favorito fique disponível para tradução.

Links e referências

Artigos relacionados:

Dicas para fazer seu cachorro parar de latir quando você não está em casa

Compreendendo a ansiedade de separação em cães

Como treinar seu cachorro para ficar confortável sozinho

Como criar um espaço seguro e confortável para o seu cachorro quando você não está em casa

Os benefícios de contratar um Dog Walker ou Sitter

Como usar o reforço positivo para impedir que seu cachorro latir quando deixado sozinho

Quando procurar ajuda profissional para o problema de latidos do seu cão.

Lembrete para si mesmo: (Status do artigo: resumo)

Compartilhar no…